Dicas e artigos  >  ABNT NBR 15.575 - Segurança Contra Incêndio - Parte 3

ABNT NBR 15.575 - Segurança Contra Incêndio - Parte 3

Pela melhoria na qualidade da Habitação

textos
textos

Conheça hoje a terceira parte das principais exigências da norma ABNT NBR 15575 no que tange ao desempenho dos sistemas de vedações verticais internas e externas com blocos cerâmicos (tijolos).
Todos estes requisitos são plenamente atendidos pelos produtos fabricados pela Cerâmica Roque.


A saber:  Parte 3:

 

SEGURANÇA  CONTRA INCÊNDIO

 

Com relação à segurança contra incêndio, a norma ABNT NBR 15575, visa em primeiro lugar, a integridade física das pessoas e, depois a própria segurança patrimonial. Os critérios de desempenho contemplam recursos para dificultar o princípio de incêndio e a sua propagação. Em situação de incêndio, há necessidade de se minimizar os riscos de colapso estrutural da edificação. Os materiais empregados na estrutura e nas compartimentações devem estar de acordo com o TRRF- Tempo Requerido de Resistência ao Fogo – conforme a norma NBR 14432. O  Tempo Requerido de Resistência ao Fogo é obtido através dos métodos de ensaios da NBR 5628 – Componentes  construtivos estruturais – resistência ao fogo – Método de ensaio e da NBR 10636 – Paredes e divisórias sem função estrutural – Determinação da resistência ao fogo – Métodode ensaio. Estes métodos são utilizados na construção de uma parede protótipo de, no mínimo 2,5 m x 2,5 m, que é exposta a temperaturas elevadas normatizadas em forno específico para este fim, na qual são considerados os critérios de estanqueidade aos gases gerados, o isolamento térmico e a estabilidade, que é a resistência da parede ao fogo. Se a parede for utilizada como parede estrutural, o ensaio será realizado com aplicação de carga conforme a NBR 5628.

Confira em nosso site o que mais diz a norma: Páginas: 46 a 50

http://www.ceramicaroque.com.br/web/arquivos/manual-nbr-15575.pdf