Dicas e artigos  >  Cerâmica: a mais antiga das indústrias

Cerâmica: a mais antiga das indústrias

Muitas vezes, a história do material se confunde com a própria história da civilização

Muitas vezes, a história do material se confunde com a própria história da civilização
Muitas vezes, a história do material se confunde com a própria história da civilização

         A cerâmica existe há cerca de dez mil anos e é o material mais antigo produzido pelo homem. Do grego ‘kéramos’, seu nome significa ‘terra queimada’ ou ‘argila queimada’. Por ser um material de imensa resistência, é frequentemente encontrado em escavações arqueológicas e, dessa forma, a história da cerâmica confunde-se com a própria história da civilização. Os vasos e as taças, por exemplo, são, em muitos casos, os únicos elementos sobre os quais se pode reconstruir o grau de evolução, os hábitos, a religião e até as mudanças de povos já desaparecidos.

          Simplificando o processo de obtenção do material, a cerâmica é uma atividade de produção de artefatos a partir da argila, que se torna plástica e de fácil modelagem quando umedecida. Após ser submetida à secagem, para retirar a maior parte da água, a peça moldada é submetida a altas temperaturas, a partir de 800ºC, que lhe atribuem rigidez e resistência.

      Assim, a cerâmica pode ser tanto utilizada como uma atividade artística, em que são produzidos utensílios com valor estético, quanto como uma atividade industrial, em que são produzidos artefatos para uso na construção civil e na engenharia.

          Hoje em dia, além de sua utilização como matéria-prima de diversos instrumentos domésticos, da construção civil e como material plástico nas mãos dos artistas, a cerâmica é também utilizada na tecnologia de ponta. A fabricação de componentes de foguetes espaciais, por exemplo, requer o uso de cerâmica, justamente por causa de sua durabilidade e resistência.

Fonte: Revista Anicer (Por Laís Napoli, sob supervisão de Manuela Souza)

Usamos cookies para melhorar a experiência do usuário. Ao navegar, você concorda com o uso.